Banco da Caixa Locais abrem duas horas mais cedo, nesta segunda (13) e terça-feira (14) para atender trabalhadores que vão sacar FGTS

por admin publicado 06/02/2017 15h05, última modificação 13/03/2017 14h43

Locais abrem duas horas mais cedo, nesta segunda (13) e terça-feira (14). Nesta primeira etapa, devem ser retirados R$ 14 milhões no estado.
Agências da Caixa no TO têm horário diferenciado para saques do FGTS
Agências da Caixa abrem duas horas mais cedo para atender trabalhadores que vão sacar FGTS (Foto: Jesana Jesus/G1)
Os saques das contas inativas do FGTS para trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro continuam. E nesta segunda-feira (13), as agências do Tocantins abrem duas horas mais cedo, às 9h, para atender quem quiser tirar dúvidas e também retirar o dinheiro. O período de saques começou na sexta-feira (10) e já registrou filas.

O horário diferenciado também segue nesta terça-feira (14). Nesta primeira etapa, 17 mil pessoas devem realizar os saques. A previsão é que o valor seja de R$ 14 milhões. Até o fim do ano, os saques devem injetar R$ 100 milhões na economia do Tocantins, segundo a Câmara de Dirigentes Lojostas de Palmas (CDL).

Ao todo, 132 mil trabalhadores vão sacar o FGTS até o mês dia 31 de julho de 138 mil contas que estão inativas. Cerca de 80% dos saques disponíveis são inferiores a R$ 1,5 mil.

Como sacar?
Os saques poderão ser feitos nas agências e caixas eletrônicos da Caixa, dependendo, por exemplo, do valor. Além disso, o cliente que não tem conta na Caixa poderá optar por transferir os recursos do FGTS, de qualquer valor, para uma contacorrente ou conta poupança de qualquer outro banco, sem custo.

Sem o Cartão Cidadão: o trabalhador poderá sacar o dinheiro nos caixas eletrônicos da Caixa, sem o Cartão Cidadão, caso o saldo de cada conta inativa seja de até R$ 1.500. Para isso, ele só precisa ter a senha do Cartão Cidadão.

Com o Cartão Cidadão: o limite de saque, no Caixa Eletrônico, é de R$ 3 mil por conta inativa.

Lotéricas e correspondentes Caixa Aqui: os saques podem ser feitos com o Cartão Cidadão para valores de até R$ 3 mil por conta inativa.

Saques acima de R$ 3 mil e até R$ 10 mil: o trabalhador só precisa apresentar, na agência da Caixa, a carteira de identidade para fazer o saque ou a transferência para conta de outro banco, sem custo.

Saques acima de R$ 10 mil: além da identidade, será preciso apresentar a carteira de trabalho ou o termo de rescisão de contrato de trabalho vinculado à conta inativa.

Contas que aparecem ativas: se o trabalhador tem uma conta de FGTS vinculada a um emprego do qual se desligou até 31 de dezembro de 2015, mas que ainda aparece como "ativa", terá que comprovar o fim do vinculo através da carteira de trabalho ou rescisão do contrato de trabalho.

Quem não tiver a carteira de trabalho, informou o presidente da Caixa, terá que providenciar uma cópia do termo de rescisão do contrato de trabalho vinculado à conta inativa, e levá-la no momento do saque.

 

fonte: Do G1 TO

« Anterior Doação de repelentes do Ministério da Saúde para as grávidas de Angico.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.